quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Sei,lá...



É de dar nó no coração,
de tanta dor,tanta saudade,

É sentir tanto,
que não se sente mais...

Amar,sem amar?
Como pode,alguem gostar de alguem,e esse alguem não ter?

Estilhaços da verdade,espalhados pelo chão,de vidro
Mentiras,inocentes quem sabe puras punhaladas,
escondem segredos,desejos,vivencias e enfim, desistencias!


Bjos


Menina do Mar

5 comentários:

  1. Olá amiga bom dia.
    Agradeço tua visita a meu blog e volta sempre que serás muito benvinda.
    Quanto à musica de Rob.Carlos eu te posso dizer que desde sempre adorei este artista e suas lindas músicas que não dão para esquecer.
    A tua descriminação que tens no teu perfil é um encanto ler as tuas palavras, quando dizes que és de tudo um pouco, de todas as idades as melhores partes e no final estas frases tão lindas (Desejo o amor que inteiro,pareço não poder... ele, o alicerce do meu alvoreçer.... desfarço sorrisos para não chorar... mais choro, simplesmente, por infinitamente... amar!)é simplesmente maravilhoso.
    Ainda bem que o mundo não é todo mau, pois quando se encontra um depoimento destes como o teu, faz-nos arrepiar o corpo de grande alegria e felicidade por tão lindas frases.
    Esta música que aqui tens (Unbreak my Hear) é também muito linda e que não me canso de a ouvir.
    Teu blog está lindo, uma combinação de fundo preto com as postagens a vermelho realçam muito o bom gosto que lhe deste.

    Este teu poema acima, está muito lindo e é muito forte, ele contém uma expressão sentida em várias direcções, a parte final então deixa uma pessoa no imprevisto de coisas que a realidade mostra nos dias de hoje.
    Quando referes (quem sabe puras punhaladas escondem segredos) aí está descrito uma forte sismação de um poder de algo a que devemos estar sempre atentos.

    Adorei conhecer este teu blog, podes crer, este é um dos meus preferidos pela forma em como está exposto e também como tu te exprimes.

    Continua amiga é esse o lado muito positivo que te desejo.

    Um bom fim de semana te desejo com muita paz e muita alegria na tua força de teu ser.

    bjinhos..

    ResponderExcluir
  2. Menina!!!Muito bonito o seu poema!!!

    "É sentir tanto,
    que não se sente mais..."

    Lindo e verdadeiro:há dores tão grandes que nos anestesiam.

    Um beijo,querida!Sonia Regina.

    ResponderExcluir
  3. *
    não há amor
    sem sofrimento, acredita,
    ,
    conchinhas de luz, deixo,
    ,
    *

    ResponderExcluir
  4. QUERIDA MENINA DO MAR, LINDO POEMA... MESMO SOFRIDO, VALE SEMPRE A PENA AMAR... UM ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
    FERNANDINHA

    ResponderExcluir